Header Ads

Casal de caminhoneiros com suspeita de coronavírus fogem de hospital e são presos

foto mostra agentes de costas

Um casal com suspeita de Coronavírus fugiu do hospital São Borja, no Rio Grande do Sul na noite de terça-feira (17).

De acordo com informações, o homem é motorista de caminhão e retornava do Chile após uma viagem. Na fronteira do Brasil com a Argentina, enquanto aguardavam liberação dos documentos para atravessar a fronteira, o casal começou a sentir febre e problemas respiratórios.

Após serem examinados por uma equipe médica da região, os dois foram encaminhados de ambulância para o Hospital Ivan Goulart, em São Borja, onde permaneciam em isolamento e aguardavam exames médicos.

Por volta das 19 horas, os médicos e enfermeiros perceberam que o casal havia desaparecido, os funcionários então acionaram a polícia. 

A Polícia Rodoviária Federal realizou buscas pela região e também no lodo argentino, onde o caminhão do casal encontrava-se estacionado.

Horas após iniciarem as buscas, os agentes da PRF encontraram o casal em um posto de combustíveis da cidade, onde pretendiam pegar uma carona até o outro lado da fronteira para acessarem seu veículo.

Após a abordagem dos agentes, o casal confessou a ação e acabaram sendo reconduzidos para o Hospital em São Borja, onde permanecem sob custódia por uma Guarda Municipal.

Os dois devem responder pelo crime de infringir determinação do poder público para impedir propagação de doença contagiosa. 

Até o momento, ainda não foi confirmado se o casal está infectado com a doença.


Tecnologia do Blogger.