Header Ads

Shacman vai voltar ao Brasil, agora com motores Cummins



Apesar de nunca ter anunciado oficialmente sua saída do Brasil, a fabricante chinesa de caminhões Shacman foi sumindo do país aos poucos. 

Em 2011 a montadora chegou no Brasil e havia planejado investimentos de até 400 milhões para a produção de caminhões em Tatuí, interior de São Paulo. O plano era produzir cerca de 10 mil caminhões por ano, mas a ideia ficou apenas no papel.

Agora, a Shacman pretende voltar ao país com o modelo Shacman X3000, equipados com motores da série Cummins ISM. Além do modelo, a montadora também pretende implementar mil caminhões da marca 100% movidos a gás, para isso projeta um investimento de US$120 milhões.



Tecnologia do Blogger.