Header Ads

Conheça o Ford W9000 | Um dos caminhões mais brutos da Ford

Versão customizada por Robb Mariani
No Brasil a Ford é conhecida por produzir caminhões leves e semipesados, mas não obteve boa aceitação no setor de pesados, como no caso do Ford Cargo 2842.

Já nos Estados Unidos, onde a própria empresa foi criada, a montadora produziu diversos modelos com visual e motores bem diferentes dos conhecidos pelos brasileiros.

Ford Aeromax, Ford LTL 9000, CLT 9000 são alguns dos modelos que marcaram o mercado americano de caminhões. Entre eles, está o Ford W9000, um caminhão com a cabine avançada (frontal) tipicamente americana e com o designer marcante.

Versão customizada por Robb Mariani
O modelo oferecia nada menos que 9 opções de motores, tanto Cummins quanto Detroit Diesel e tinha como objeto atender as diversas demandas do mercado norte-americano.


Em sua versão original, a cabine era composta basicamente pelo formato retangular, nas opções simples (W) e alongada (WT), que lembrava bastante a Scania LK.


Como nos Estados Unidos a troca de frota é constante, só há dois lugares para encontrar um Ford W9000: em exposições (raros) ou no ferro velho.

A série W foi produzido entre os anos de 1966 a 1977, em substituição ao H-Series.

Além do W9000 e WT9000, foi produzido nesse período o W 1000 e o WT 1000.

Em 2011 o americano Robb Mariani, famoso customizador de caminhões comprou um Ford W9000 1974, com menos de 90 mil quilômetros rodados e que foi certamente um de seus projetos mais ambiciosos.

Esse modelo de caminhão atualmente é tão raro, que Robb precisou viajar até o México para conseguir peças originais para o veículo e concluir sua restauração.





Tecnologia do Blogger.