Header Ads

Jornal Francês diz que asfalto da BR 163 vai destruir a Amazônia







Nessa semana, o jornal francês France 24, publicou uma matéria que critica a pavimentação da BR 163 e da BR 230. Segundo o jornal, o asfalto trará destruição à amazônia brasileira


Acompanhe alguns trechos da reportagem:

"Estradas e estradas secundárias facilitaram o desenvolvimento de atividades ilegais na região, como mineração e apropriação irregular de terras.

"Em nossa investigação (...) na transamazônica e na BR163, descobrimos que, assim que você abre uma estrada, facilita o desmatamento ao redor dessas estradas, em uma área de aproximadamente 100 km, 50 km ao lado e outros 50 km por outro lado ", explica Socorro Peña, ex-pesquisador do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia.
"Os principais projetos de estradas e infraestrutura estão causando altos índices de desmatamento e problemas ambientais e estão realmente prejudicando a população local", disse ele."
O jornal criticou até mesmo a poeira causada pelo tráfego de caminhões na região:

"Muitos moradores locais temem que o aumento do tráfego de caminhões torne as estradas ainda mais perigosas e levantem ainda mais poeira, o que é suficiente para deixar tudo coberto por manchas avermelhadas.

"Eu lavo roupas durante a noite, quando há menos carros na estrada", para evitar poeira, diz Dayana Rodrigues Melo, mãe com quatro filhos que vive em Ruropolis, onde as ruas não são pavimentadas." 



Já na nossa realidade, a pavimentação da BR 163 e da BR 230, são fundamentais para o desenvolvimento econômico sustentável da região, assim como na melhora da qualidade de vida dos motoristas que dependem desses trechos para trabalhar. 

Com o asfalto, empresas legalizadas vão poder se instalar na região, o que antes não era possível pela dificuldade no acesso, resultando em uma maior fiscalização e na diminuição de empresas ilegais.



Tecnologia do Blogger.