Header Ads

Empreiteiras impediam que obras fossem feitas pelo Exército

Imagem relacionada

Com o atual governo, a atuação das forças armadas na construção e manutenção de estradas está cada dia maior, surpreendendo muitas pessoas que desconheciam a capacidade técnica das instituições militares. 

Isso acabou levantando uma questão muito importante: Por que só agora? 

A resposta é bem simples: o combate à corrupção. Por muitos anos, grandes empreiteiras patrocinaram campanhas políticas e participaram de grandes esquemas de desvio de verbas, lavagem de dinheiro e diversos outros crimes. 

Em 2013, o presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (Cbic), Paulo Safady Simão, reclamou da participação do Exército Brasileiro em obras desenvolvidas pelo governo federal. “O setor da construção civil não vê com bons olhos a atuação do Exército em obras como duplicação de estradas e construção de aeroportos. Não há necessidade de os militares assumirem obras desse tipo”, disse. “O Exército é hoje a maior empreiteira do país”.


Essa situação só viria a mudar com o início da Lava Jato e outras diversas operações contra à corrupção, onde 6 das 10 maiores empreiteiras do Brasil tiveram seus executivos presos.  

Sem a influência dessas grandes empresas, obras importantes para o desenvolvimento nacional foram concedidas ao Exército Brasileiro. Que por sua vez, possuí grande eficiência técnica e baixo custo ao país.

Tecnologia do Blogger.