Header Ads

Mais de 200 caminhoneiros exigem indenização após espera de mais de 48h para descarga de laranja em Matão, SP

A espera de mais de 48 horas para descarregar laranjas em um pátio de triagem da indústria Citrosuco, em Matão (SP), gerou prejuízos para cerca de 200 caminhoneiros.

A empresa diz que teve uma “redução na velocidade da operação” e agora os profissionais estão parados exigindo a indenização pelo período que aguardaram. Enquanto isso, a fruta está apodrecendo nos veículos.

Prejuízos

O caminhoneiro Itacir Venturin é de Vacaria (RS) e chegou no domingo com 37 toneladas de laranja, mas até agora não conseguiu descarregar. "Estou ai por conta do dinheiro que tinha no bolso. Não teve adiantamento, nada. O prejuízo é de R$ 700 a R$ 1 mil por dia com o caminhão parado", afirmou.

Prejuízo também para o Vandoir Pinheiro Souza, que está com o caminhão parado desde sábado. Ele já perdeu cerca de R$ 3 mil. "Em 48h, 50h, você consegue fazer mais duas viagens".
Tecnologia do Blogger.