Header Ads

Conheça a história do menino "anjo" que guiou no resgate das vítimas do acidente da Chapecoense

Segundo membro de resgate, um menino de dez anos foi fundamental nas buscas.


Na Colômbia, mais precisamente em La Union, Medellin, circula a história de um menino de cerca de 10 anos que ninguém ainda identificou, teria orientado as equipes de resgate e na sequencia desapareceu, o garoto levou a lanterna para ajudar a luz em meio à escuridão.

Um dos sobreviventes da trágica foi o lateral Alan Ruschel ex-luverdense, teve sua vida salva por uma misteriosa criança.  Segundo informações da agência EFE,  um dos médicos que prestou socorro às vítimas em Medellín, revelou que seu parente pediu que ele ajudasse nos resgates.  O parente, Sergio Marulanda, é dono de uma caminhonete com tração nas quatro rodas. O veículo foi crucial para fazer com que os socorristas chegassem rápido ao local da queda. Do contrário, eles teriam que andar por muitos minutos.

No entanto, já em uma avançada altura da montanha ‘El Gordo’, Marulanda avistou um garoto de aproximadamente dez anos, que estava com um policial. O menino avisou que a caminhonete estava indo pelo local errado e que a maioria dos sobreviventes estava em outra direção. O menino então entrou no veículo e indicou de onde tinha ouvido um grito. Esse grito era do jogador Alan, justamente o primeiro socorrido. Ele estava semiconsciente, falando um pouco de espanhol e dizendo que o quadril doía.

Mas esse garoto não teria sido a única aparição de crianças na cena chocante do acidente. Outras testemunhas dizem que entre os destroços e entre os corpos sem vida eram menores que estavam la ajudando como salva-vidas.
Tecnologia do Blogger.