Header Ads

Ponte onde caminhão desabou estava danificada há anos, diz morador


Ponte onde caminhão desabou estava danificada há anos, diz morador

'Teve que acontecer algo para tomarem providência', reclama aposentado.
Prefeitura de Capão Bonito afirmou que irá reconstruir a estrutura da ponte.



ponte de madeira que desabou nesta terça-feira (11) após não suportar o peso de um caminhão com 14 mil quilos de trigo, em Capão Bonito (SP), já estava com a estrutura comprometida há anos e apresentava sinais de que ia cair, segundo os moradores. A ponte ligava o bairro rural Turvo dos Almeidas, em Capão Bonito (SP), e Gramadão, em São Miguel Arcanjo (SP).
O aposentado Valdomiro Eloi Rodrigues afirma que várias reclamações já tinham sido feitas à prefeitura em relação à precariedade da estrutura. “Foi ficando até acontecer o que aconteceu. Teve que acontecer algo primeiro para daí tomarem providência. E quem é morador daqui precisa da estrada”, lamenta.
Segundo a Prefeitura de Capão Bonito, uma parceria deve ser firmada com a administração de São Miguel Arcanjo por meio do Programa de Recuperação de Acessos Rurais para a reconstrução da ponte. Mas não afirmou uma data para o início dessa obra.
O autônomo Jorge Vieira dos Santos também afirma que os problemas da ponte vêm de longa data. Segundo ele, em setembro ele chegou a impedir que um caminhão passasse no local por medo que a ponte caísse. “Ele [caminhoneiro] estava passando aqui e parou para conversar comigo. Falou que levava calcário, cerca de 17 mil quilos. Aí falei para ele não passar, que iria cair. Essa ponte não aguenta essa tonelada. Então ele voltou para trás”, conta.
Com a falta da ponte, a população terá que fazer um desvio até São Miguel Arcanjo. A dona de casa Sueli Aparecida de Siqueira, por exemplo, frequentemente tinha a ponte como rota e agora gastará mais para chegar ao destino desejado. “Tenho que dar a volta pelo Gramadão, porque tem uma saída lá, uma estrada que vai para São Miguel Arcanjo. Tem que dar a volta por lá. Mas  gasta mais gasolina, tempo e só complicou para o povo”, comenta.
Acidente
O acidente foi na tarde de terça-feira. De acordo com a Polícia Militar, a ponte que passa pelo Rio do Turvo não suportou o caminhão carregado com 14 toneladas de trigo e cedeu. O caminhoneiro não ficou ferido, mas toda a carga que transportava foi perdida. O caminhão continua no rio até às 12h desta quarta-feira (12), conforme moradores.

O caseiro Jeferson Vieira dos Santos foi o primeiro a chegar ao local do acidente e conta o que viu. “O barulho foi muito alto, tanto quando estava dentro de casa me assustei com o barulho e saí de casa para procurar o que tinha causado o barulho. Vi um cara sentado aqui na beira da ponte, peguei a moto e desci. Quando cheguei ele estava muito assustado com o acidente, aí que eu vi que o caminhão estava caído e que o caminhão estava na água”, descreve.
Ainda por causa da queda do veículo, uma tubulação de água foi danificada e moradores do bairro ficaram sem o fornecimento até a noite de terça-feira, quando foi consertada.
Tecnologia do Blogger.