Header Ads

Quem são os jovens caminhoneiros?


“Uma geração que mudou toda uma história”, essa é uma frase muito conhecida entre os jovens que buscam ser caminhoneiros. Hoje, caminhoneiro não é mais visto como um senhor de idade e com o peso acima do recomendado. Os caminhoneiros estão mais jovens, mais escolarizados e mais conscientes do seu papel. Entretanto, estão ganhando menos.




Todas essas mudanças apareceram na pesquisa “O Perfil do Caminhoneiro no Brasil”, realizada pela Childhood Brasil. Lançada em novembro, essa pesquisa já foi feita 3 vezes e tem como objetivo investigar a vida do motorista de caminhão, a relação com a família, trabalho, sexualidade, principalmente no que se diz respeito ao enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes nas estradas.

Vários fatores influenciaram o aumento de jovens na profissão, o principal deles foi a visibilidade que as redes sociais deram aos caminhoneiros, aonde foi desmistificado certos preconceitos e achismos em relação à profissão. Entre as diversas redes sociais que ajudaram nesse processo, os Flogões, páginas exclusivas de conteúdo relacionado a caminhão, são um dos meios responsáveis por darem grande destaque aos motoristas de caminhões. Hoje, é comum ver caminhoneiros famosos, alguns pelo conteúdo que criam e enviam para a internet, outros apenas por cuidarem bem de seus caminhões. As redes sociais também tiverem participação decisiva em 2015, onde grande parte dos caminhoneiros pararam em forma de protesto contra a desvalorização da profissão e a corrupção no Brasil.



Outro fato importante é a modernização dos veículos destinados ao transporte de cargas, uma vez que não basta mais apenas saber dirigir. Hoje em dia, é necessário entender de tecnologia e estar sempre bem atualizado. Segundo as pesquisas, o profissional do volante precisa estar cada dia mais capacitado para se manter na profissão, uma vez que é necessário que administre seu caminhão, pague combustível e pedágio e ainda negocie o frete. Isso tudo porque a profissão está cada dia mais desvalorizada, principalmente no que se refere ao preço do frete. Com tudo isso os jovens estão buscando cada vez mais a profissão de caminhoneiro e inovando esse ramo da logística. Nesse processo de modernização vale ainda lembrar que a tecnologia está sendo companheira de muitos caminhoneiros, hoje existem diversos aplicativos e plataformas que aproximam fretes e caminhoneiros, o que facilita a escolha de uma viagem com melhor custo benefício. 

O que preocupa muitos caminhoneiros ainda é a falta de segurança nas rodovias Brasileiras, o roubo de cargas e de caminhões vem crescendo nos últimos anos, as quadrilhas estão cada vez mais especializadas e violentas. Fica evidente a falta de investimento quanto à segurança do caminhoneiro no Brasil, grande parte das fiscalizações busca apenas irregularidades nos veículos a fim de expedir multas. Mais uma vez as redes sociais se mostraram importantes na vida dos caminhoneiros, caso um caminhão seja roubado em questão de horas a notícia se espalha rapidamente por todo o Brasil, fotos e videos do caminhão ajudam no reconhecimento, isso já ajudou a polícia a encontrar diversos caminhões roubado. 

Para nós, da Childhood Brasil, o principal resultado da pesquisa é o significativo aumento do número de motoristas conscientes sobre o seu papel de agentes de proteção dos direitos de crianças e adolescentes. Atualmente, 87% dos caminhoneiros afirmam que não se envolveram na exploração sexual de crianças e adolescentes nas estradas.É um dado muito positivo, pois o caminhoneiro é o nosso maior aliado nessa causa. 

Os profissionais do volante estão de parabéns.

Tecnologia do Blogger.